voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Biografias



Manuel de Arriaga Brum da Silveira (1840-1917)

61

Manuel de Arriaga Brum da Silveira (1840-1917)
Nasceu na Horta, Faial, Açores, a 8 de Julho de 1840. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra em 1865, abrindo no ano seguinte escritório de advogado em Lisboa, onde passou a residir. Advogado, professor, político e escritor, aderiu aos ideais republicanos, sendo um dos signatários do programa das conferências democráticas do casino Lisbonense em 1871. Pertenceu à 'geração doutrinária' do republicanismo, integrando o Directório do Partido Republicano nos últimos anos do século XIX. Distinguiu-se também como orador, sendo eleito deputado pela Madeira em 1882 e 1911 e por Lisboa em 1890. Foi também vereador republicano da Câmara Municipal de Lisboa. Dedicou-se gradualmente às suas obras literárias, publicando, entre 1899 e 1907, dois livros de poesia e um de prosa. Após a implantação da República, é nomeado, em 23 de Outubro de 1910, Reitor da Universidade de Coimbra, com Sidónio Pais como Vice-Reitor. Transita depois para as funções procurador-geral da República. Foi o primeiro Presidente da República Portuguesa, eleito por proposta de António José de Almeida e sem o apoio dos 'democráticos', recolhendo 121 votos em 217, mantendo-se em funções até Maio de 1915. Adversário da hegemonia 'afonsista', chamará o general Pimenta de Castro a formar governo, em Janeiro de 1915, dando origem à instauração da ditadura. A revolução de 14 de Maio desse ano, desencadeada pelos republicanos democráticos, levá-lo-à a resignar, em 26 de Maio, ao cargo, abandonando a vida política. Publicou ainda, em 1916, um livro intitulado `Na Primeira Presidência da República Portuguesa´. Morreu em Lisboa a 5 de Março de 1917.

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | arquivo@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt