voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Cronologia


[registo específico]
Quinta-feira, 12 de Dezembro de 19011.ª mensagem transatlântica sem fios (Marconi)

00132

01
Guglielmo Marconi, electricista, cientista e inventor, nasceu a 25 de Abril de 1874 em Marzabotta, Itália e morreu a 20 de Julho de 1937, em Roma. Filho de um abastado proprietário e de mãe irlandesa, passou a sua juventude em Bolonha, Florença e Livorno, onde estudou no Instituto Técnico. Em 1893, com 19 anos, dedicou-se ao estudo das oscilações eléctricas e construíu um aparelho produtor de ondas electromagnéticas a que chamou "excitador". A 2 de Fevereiro de 1896, Marconi partiu para Inglaterra com o objectivo de obter apoio financeiro para pôr em prática a sua nova invenção: um aparelho receptor de Hertz, de ondas curtas, a que acrescentou um "relais" registador "Morse". A 9 de Junho do mesmo ano patenteou o seu invento de comunicação e, no ano seguinte, demonstrou que era possível comunicar-se a uma distância até 4 km. O conjunto de experiências bem sucedidas, em que a distância na comunicação foi sendo cada vez maior, deram origem à T.S.F. (telefonia sem fios), causando um enorme sensação pelo mundo fora. Em 12 de Dezembro de 1901, Marconi envia a primeira mensagem transatlântica, entre Poldhu (Inglaterra) e S. João da Terra Nova (Canadá), demonstrando, assim, que as "ondas eléctricas se podiam propagar sobre o mar e atravessar continentes". Marconi recebeu o Prémio Nobel da Física em 1909, foi nomeado Senador pelo Rei de Itália em 1914 e designado delegado à Conferência de Paz de 1919, recebendo o título de marquês em 1929.

ano: 1901 | tema: Ciência e Técnica
palavras-chave: TSF Nobel Marconi 

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | arquivo@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt