voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Cronologia


[registo específico]
Terça-feira, 21 de Outubro de 1913Movimento revolucionário monárquico dirigido por João de Azevedo Coutinho

039076


Tentativa de golpe monárquico dirigido por João de Azevedo Coutinho, denominada "primeira outubrada". O plano original contemplava o Porto, sob a direcção do capitão Jorge Camacho, e a capital, mas só saíu em Lisboa. Outros dos implicados eram os coronéis Seabra de Lacerda e Bessa, Moreira de Almeida (pai e filho), o tenente Pereira de Matos, Cunha e Costa, Constâncio Roque da Costa e José Lobo de Ávila Lima. Os conspiradores conseguem sublevar alguns polícias das esquadras, tentando atacar o Quartel da Guarda Republicana e a Escola do Exército. Azevedo Coutinho tentou, sem sucesso de monta, sublevar a Marinha. Foram rapidamente dominados, com a preciosa ajuda da carbonária e da rua republicana, seguindo-se a prisão de vários dos implicados, muito embora Azevedo Coutinho tenha conseguido sair do país. Afonso Costa afirmara ter conhecimento da revolta, pois tinha um homem "infiltrado". Para além dos acontecimentos da capital, verificaram-se cortes de linhas telegráficas e levantamentos noutras localidades como Viseu e Viana do Castelo. Cumpre referir, no ambito desta intentona, o ataque e destruição do museu da revolução, com a perda de várias peças. São destruídas em Lisboa, as redacções dos jornais "O Dia" (dirigido por um dos implicados, Moreira de Almeida) e a "Nação".

ano: 1913 | tema: Vida Política
palavras-chave: Azevedo Coutinho O Dia Nação 

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | arquivo@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt